segunda-feira, 26 de agosto de 2019

MÃO-DE-VACA

O feitio é mau? Chumbe-se, a geometria descritiva. O que se disse é feio? Aprove-se, a semiótica. Queres é conversa.

Faça-se a greve faça-se, à livre circulação de bens e pessoas às correntes de ar, dizem os pintores vermelhos como um tomate empanturrados de diluente. Não dizem coisa com coisa? Urano, propano. Quem sabe? Vira o disco e toca o mesmo.